Desde o fãs de filmes de desenho animado como “O Rei Leão” ou “Cinderela”, passando pelos fãs de animes e chegando até as crianças que passam a manhã inteira assistindo “Peppa Pig”,- de alguma forma, todo mundo gosta de animação. Mas apesar de conhecer e curtir, nós sabemos muito pouco sobre o caminho que essas produções percorreram para chegar até nós. Nesse podcast você vai poder conhecer um pouco a história da animação, quais são os tipos de técnicas utilizadas e como ela é produzida.





Para saber mais:

A História da Animação (Bloco 1)

A animação percorreu um longo caminho para chegar no ponto em que está hoje, mudando o seu conceito de acordo com cada avanço tenológico. Portanto, para conseguir uma definição satisfatória do que é a animação, precisamos voltar um pouco e conhecer sua história.

Inovações citadas no podcast, por ordem de citação:

  • Teatro de sombras [chineses]
  • Lanterna mágica [Athanasius Kircher]
  • Lanterna mágica com movimento: Os fantasmas de Robertson [Gaspard Robert] (1794)
  • Traumatróscópio
  • Fenaquistoscópio [Joseph Plateau] e estroboscópio[Simon von Stampfer] (Discos que giram e as imagens se movem)
  • Zootroscópio [William Horner] (Um tamborzinho com buracos que funciona igual o item anterior)
  • Flipboard (difusão em 1868)
  • Praxinoscópio [Emile Reynaud – 1877] (Uma espécie de zootroscópico com luz e espelhos de modo a projetar o desenho se movendo. Junção do zootroscópico com a lanterna mágica)
  • Teatro Óptico [Emile Reynaud – 1892] (Rolo de filme girado a mão)
  • Cinematógrafo [Lumiere – 1895] (Aqui a história da fotografia se une à história do cinema)

Links recomendados:

Historia

Artigo: CINEMA DE ANIMAÇÃO: Uma trajetória marcada por inovações

GUIA COMPLETO! A história da animação no cinema – Parte 1 | OmeleTV

Tipos e técnicas de animação (Bloco 2)

Animação Tradicional (principio do FlipBook)

Desenhados em uma folha fina e transparente de plástico chamado célula, uma contração do nome do material celuloide.

Exemplos:

  • Branca de Neve (animação tradicional em seu cerne);
  • Bambi (com um diferencial da implementação da câmera multiplano, mas ainda com desenhos feitos de forma tradicional);
  • O Conto da Princesa Kaguya;
  • Pokémon (conhecido por, em muitos episódios, algumas cenas usarem até 2 frames por segundo);
    He-man (Animado em grande parde tradicionalmente, mas já tendo aplicações características de Animações vetorizadas, como cabeças desenhadas à parte);

Stop Motion (todo meio de animação que envolve o mesmo principio mecânico da animação tradicional mas não é feito em desenho sobre papel)

Exemplos:

 

Computação Gráfica (Princípio da modelagem poligonal)

Exemplos:

Animação Vetorizada (Princípio do Rigging)

Mensão honrosa: Motion Graphics (animação de informação, trabalhando com simbologias)


Citado no Podcast:

 

About The Author

Jornalista, aventureiro da internet e assistidor de desenho animado, Daniel Marques é brasiliense, tenta continuar sempre aprendendo e jura que é uma pessoa legal.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.