Todo mundo já ouviu falar na teoria das cores, como elas podem agregar ou até subverter as sensações, assim como a música. Mas deixar as cores de lado por um momento pode aguçar a sensibilidade sobre todos os outros elementos e funcionar como uma boa estratégia para dar foco as formas, ao movimento e ao som.

Separamos então 5 clipes musicais com animações feitas completamente – ou quase – em preto e branco para que você possa experimentar um pouco dessa teoria.

Anvil – Lorn

Inspirado em quadrinhos Japoneses e Belgas (Ghost in the Shell, Akira e diversos trabalhos dos artistas belgas Peeters e Schuiten),  o clipe se passa em um mundo – no ano de 2100 – que enfrenta a superpopulação. Mostra a jornada de uma mulher em seus momentos finais na terra, após a criação de uma rede social pós-apocalíptica chamada Anvil, que visa resolver o problema da superpopulação ao melhor estilo Matrix.

Bye Bye Macadam – Rone

Criado pelo artista Dimitri Stankowicz para o músico Rone, a animação do clipe Bye Bye Macadam não conta uma história, mas tenta passar com formas e desenhos as sensações que o artista francês coloca em suas criações do estilo eletrônico Nu(new) Trance. O Clipe transforma a sensação de movimento em seu ponto forte.

‘Ghosst(s)’ – Lorn

O clipe mostra a transição da vida para a morte, tanto fisicamente quanto metafisicamente. Segundo o musico Marcos Ortega – ou Lorn – o clipe passa a sensação dos estágios de transição da presença em espírito para a completa ausência existencial de um corpo vivo.

She Wants Me Dead – Cazzette (+18)

O clipe nasceu de um jogo de mesmo nome – disponível para download gratuito nas lojas de aplicativos para smartphone -, onde uma gata que odeia seu dono prepara diversas armadilhas para matá-lo.

Sons – Concorde (+18)

O clipe Sons da banda Concorde foi baseado nas artes do artista Caribenho Jonny Negron e, assim como as artes de Negron, o Clipe abusa de ilustrações com teor sexual muito forte. O clipe fala sobre os dois extremos da sexualidade feminina e seu problema em comum.

Você conhece mais clipes em preto e branco? Deixe aí nos comentários! (Do I Wanna Know certamente é, mas preferimos deixa-lo para uma postagem de outro contexto, obrigado por lembrar.)



Leave a Reply

Your email address will not be published.